Saiba mais sobre a Dacriocistorrinostomia: Cirurgia do canal lacrimal obstruído.

Atualizado: 17 de Mai de 2019


Está sempre com os olhos lacrimejando? Você pode estar com o canal lacrimal obstruído. O Otorrinolaringologista precisa diagnosticar.



A cirurgia das vias lacrimais, ou dacriocistorrinostomia, possui como objetivo desobstruir o canal lacrimal a fim de acabar com sintomas comuns como: lacrimejamento excessivo, sensação de olhos constantemente úmidos (o que acaba “borrando” a visão) e infecções recorrentes da via lacrimal (dacriocistites).


Alguns pacientes têm algum defeito em um canal que liga o saco lacrimal (onde se acumula a lágrima) até o nariz. Assim, a pessoa tem dificuldade de escoar a lágrima para dentro do nariz por ter as vias estreitas ou obstruídas e lacrimeja mais do que o normal. Outro tipo de sintoma relacionados à doença é ter infecções recorrentes desse canal lacrimal, pelo acúmulo de bactérias e lágrimas.


Normalmente, quem indica a cirurgia é um oftalmologista, o qual coloca um dreno por dentro do nariz, porém a incisão externa que é feita pode causar queloide e desconforto estético. Entretanto, a cirurgia pode ser feita em conjunto com um otorrinolaringologista, que associa com uma cirurgia endonasal, por dentro do nasal, ou seja, ao invés de fazer uma incisão fora do nariz, ela é feita dentro.


Dessa forma, a cirurgia é feita pelo oftalmologista em conjunto com o otorrino, que traz vantagens como: um pós operatório que não incomoda, não ter incisão externa, não ter que tirar pontos e o fato de ser esteticamente mais viável.


A cirurgia é indicada em situações de:


Sintomas de obstrução do canal lacrimal que cause sintomas como lacrimejamento excessivo, olhos úmidos (epífora); infecções recorrentes ou crônicas do saco lacrimal (dacriocistites).


A dacriostenose é mais comum entre bebês e em recém-nascidos que costumam nascer com um ou os dois lados do canal lacrimal obstruído por um tipo de membrana, que costuma se desfazer até o primeiro ano de vida da criança Bebês também podem estar com o canal lacrimal obstruído. O Otorrinolaringologista precisa diagnosticar.


A anestesia:

Normalmente é aplicada anestesia geral, uma vez que a via aérea fica protegida de possíveis sangramentos e o paciente não tem o risco de aspiração. Mas, em casos especiais, a sedação com anestesista e infiltração local pode ser realizada.


Portanto, consulte seu otorrinolaringologista, respire melhor e com saúde! A clínica OtorrinoDF dispõe de equipe e estrutura, voltadas especificamente para você! Vale a pena conhecer!


Agende a avaliação daqueles que você ama!

Mais de 60 planos de saúde e convênio.

Consulta e exames no mesmo dia e local, com preferência absoluta aos idosos. Afinal, agora é nossa hora de retribuir tantos anos de dedicação.

(61) 3542-2803 / (61) 9.9604-2803

Auto-Agendamento e Chat no Site


529 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo