Descubra a importância da Fonoaudiologia e quando procurar um especialista!

Atualizado: 8 de Jan de 2019


Foto divulgação: iStock (Royalty free)

Já imaginou um mundo onde conseguir ouvir, comer, falar e compreender o próximo podem ser um desafio?


Algumas pessoas, em qualquer fase da vida, podem ser surpreendidas pela impossibilidade de desempenhar efetivamente tais ações.


O fonoaudiólogo é o profissional da área de saúde especializado na comunicação humana neurológica mais complexa que o sistema nervoso pode processar.


É responsável pela promoção de saúde, prevenção, avaliação, terapia, diagnóstico e tratamento da voz, fluência, audição, motricidade oral, surdez, problemas de dicção e gagueira, entre outros.


Continue lendo este post para entender mais sobre a importância e a necessidade da Fonoaudiologia em nossas vidas!


Em quais áreas o fonoaudiólogo atua?


Para o o Conselho Regional de Fonoaudiologia (CRFa – 6a região – Belo Horizonte), a Fonoaudiologia é dividida em 12 áreas:


Fluência: Identificar as tipologias das disfluências típicas e atípicas para o diagnóstico e intervenção precoce dos transtornos da fluência, orientar as famílias e as equipes de saúde e educação sobre a identificação de transtornos da fluência, bem como conduta adequada frente aos indivíduos com tais alterações. Gerenciar programas de reabilitação dos transtornos da fluência e definir indicadores apropriados de qualidade para controle dos resultados.


Audiologia: Elaborar programa de prevenção e promoção da saúde auditiva, realizar diagnósticos audiológicos, reabilitação, seleção e adaptação de próteses auditivas.


Neuropscicologia: A neuropscicologia está associada diretamente à relação entre funções psicológicas e aspectos fonoaudiológicos, em especial, à avaliação, prevenção e reabilitação de transtornos cognitivo-comunicativos.


Fonoaudiologia do Trabalho: Desenvolver programas de conservação auditiva, detectar, diagnosticar riscos fisiológicos em situações reais e possibilitar a permanência no trabalho sem restrição da atividade profissional.


Fonoaudiologia Educacional: Promover, aperfeiçoar e prevenir alterações de linguagem oral, escrita, auditiva, motricidade orofacial e voz, favorecendo e otimizando o processo de ensino e aprendizagem.


Fonoaudiologia Neurofuncional: Avaliar, diagnosticar e reabilitar pessoas com alterações neurofuncionais, atuando nas sequelas de danos ao sistema nervoso central ou periférico.


Gerontologia: Prevenir, avaliar, diagnosticar, habilitar e reabilitar os transtornos relacionados à audição, equilíbrio, fala, linguagem, deglutição, motricidade orofacial e voz de idosos.


Saúde Coletiva: Construir estratégias de planejamento e gestão e atuar na atenção à saúde a partir do diagnóstico de grupos populacionais.


Linguagem: Prevenir, diagnosticar e tratar transtornos na fala e na escrita.


Disfagia: Diagnosticar, habilitar e reabilitar pacientes com transtornos da deglutição.


MO (Motricidade Orofacial): Prevenir, diagnosticar, habilitar e reabilitar funções relacionadas à respiração, sucção, mastigação, deglutição e articulação da fala. Realizar também o aperfeiçoamento dos padrões de fala e estética facial.


Voz: Prevenir, avaliar, aperfeiçoar e tratar da voz falada e cantada. Auxiliar profissionais, como cantor, locutor, jornalista, ator e professor, na postura vocal em suas atividades.


5 motivos para procurar um fonoaudiólogo:


Rouquidão constante: Na maioria das vezes, rouquidão constante significa sobrecarga da voz ao falar. Ao exemplo de atores, cantores, professores e jornalistas, que utilizam a fala como instrumento de trabalho, são recomendados exercícios de respiração, altura, intensidade e higiene vocal.

Problemas de fala: A “língua presa”, motivo de piada entre algumas pessoas, é na verdade, a língua solta, passando pelos dentes e dificultando a pronunciação de algumas letras. Exercícios que tonificam a língua para que ela seja menos flácida, melhoram a dicção de quem sofre com este problema.


Respiração bucal: Além de diminuir a imunidade de adultos e crianças, a respiração bucal contribui com a deterioração do paladar, mastigação inadequada, deformação da arcada dentária e céu da boca, mudanças na disposição da língua, dentre outros problemas. Esse costume se associa com a falha da coordenação-fono-respiratória e o enfraquecimento do tônus muscular. Exercícios de respiração e articulação, são realizados para que haja um equilíbrio entre nasal e oral.


Garantir uma boa amamentação: Fonoaudiólogos com experiência na área neonatal, normalmente acompanham mães e bebês nos primeiros dias para garantir que o sistema motor oral não esteja alterado. Língua, lábios, palato, bochecha, sucção nutritiva e não nutritiva, devem estar compassados para efetividade da amamentação.


Disfagia: Está relacionado à capacidade do indivíduo em deglutir alimentos, possuindo 3 principais fases: preparatória oral, faríngea e esofágica. Esta situação pode resultar em pneumonia aspirativa, que ao desviar um alimento para o pulmão, leva a óbito.


Se restringe a crianças, adultos ou idosos que sofrem ou já sofreram com AVC (acidente vascular cerebral), TCE (traumatismo crânio encefálico), doença de Parkinson, mal de Alzheimer, miastenia grave, disfagia muscular, esclerose lateral amiotrófica (ELA) e paralisia cerebral.


O fonoaudiólogo reabilita o paciente até que o mesmo consiga se alimentar normalmente ou em função compensatória.


A Fonoaudiologia no Brasil:


Foi sancionada em 9 de Dezembro de 1981, a lei que rege a profissão de Fonoaudiólogo no Brasil.

Segundo o CFFa, Conselho Federal de Fonoaudiologia, existe ainda a Fonoaudiologia Forense, que é a atuação em processos judiciais que envolvam exames biométricos para identificação através de voz, fala, linguagem, face, escrita, postura e tudo o mais que se relaciona com realizações humanas.


Se nossas informações foram úteis para você, também podem ajudar outras pessoas.

Compartilhe o texto em suas redes sociais!


A clínica OtorrinoDF dispõe de equipe e estrutura, com mais de 10 fonoaudiólogos capacitados para atendimento.


Vale a pena conhecer!

Agende a avaliação daqueles que você ama!


Mais de 60 planos de saúde e convênio.

Consulta e exames no mesmo dia e local, com preferencia absoluta aos idosos. Afinal, agora é nossa hora de retribuir tantos anos de dedicação.

(61) 3542-2803 / (61) 9.9604-2803


Auto-Agendamento e Chat no Site.

0 visualização

 ASA SUL 

Endereço:

709/909. Centro Médico Julio Adnet - SEPS SEP Sul, Sia Lt A - Clínica 2, Subsolo - CEP: 70390-095

Navegue Até Nós

#maps_padrão_1.png
waze_02.png
Uber_100x100.png

 ASA NORTE 

Endereço:

Ed. Cléo Octávio - Em frente HRAN. Setor Médico Hospitalar Norte - CEP: 70710-100

Navegue Até Nós

#maps_padrão_1.png
waze_02.png
Uber_100x100.png

 TAGUATINGA 

Endereço:

Ed. Pátio Capital QS 3. - Pistão Sul. / Térreo
CEP: 71953-000

Navegue Até Nós

#maps_padrão_1.png
waze_02.png
Uber_100x100.png

Sobre a Otorrino DF

Consultas médicas, exames e cirurgias para pacientes com necessidades relacionadas ao ouvido, nariz e garganta.
Será um prazer receber você aqui em nossa clínica! 

Nossos Médicos

Os profissionais da clínica Otorrino DF buscam atualizações constantes em suas especialidades visando oferecer atendimento personalizado e humanizado a seus pacientes.

  • Instagram - Otorrino DF
  • YouTube - Otorrino DF
  • LinkedIn - Otorrino DF
  • Facebook - Otorrino DF
  • Twitter OtorrinoDF
bg otorrino pediatra df emergencia criança otorrinolaringologia asa sul asa norte brasilia distrito federal lago sul lago norte urgente ouvido nariz garganta adulto
nariz otorrino pediatra df emergencia criança otorrinolaringologia asa sul asa norte brasilia distrito federal lago sul lago norte urgente ouvido nariz garganta adulto
Clínica Otorrino DF © Todos os direitos Reservados