Cirurgia de plástica facial

Rinoplastia 

Blefaroplastia
(plástica de pálpebras)

Otoplastia

 

 

 

 

Ritidoplastia (rejuvenescimento facial)

A rinoplastia é a cirurgia plástica indicada para a  correção estética do nariz. Cada caso é específico, já que depende do incômodo estético de cada paciente. O procedimento pode aumentar ou diminuir o nariz, dar projeção à ponta, afinar as asas nasais e até diminuir a giba óssea

Muitas vezes a cirurgia é associada a outros procedimentos nasais, como a correção do desvio de septo nasal e a turbinectomia. 

As principais técnica cirúrgicas utilizadas na rinoplastia são: aberta - é feita uma incisão na columela nasal;  ou fechada - é feita uma incisão na parte interna do dorso do nariz.

A otoplastia é a cirurgia para a correção da, popularmente, chamada "Orelha de Abano". Essa alteração anatômica da orelha, se torna aparente logo na primeira infância e possui origem genética.

O procedimento cirúrgico pode ser feito a partir dos 6 anos de idade, quando a orelha já está completamente formada, até a fase adulta. Sendo recomendado para pacientes que queiram realizar a correção de orelhas com desarmonia na forma, ou que não agradam esteticamente o paciente.

A cirurgia costuma ser feita com o uso de anestesia local. Antes da realização do procedimento, é recomendado consultar-se com um médico especialista, já que o tratamento varia de acordo com o incômodo e desejo do paciente.

A cicatriz fica oculta atrás da orelha, portanto o resultado final é bastante natural.

Os cuidados pós operatórios, como a boa higienização do local operado, são importantes para um resultado cirúrgico favorável.

A ritidoplastia, também chamada de ritidectomia e popularmente conhecida como “lifting facial”, é um procedimento estético cirúrgico para a amenização de rugas e sinais de envelhecimento na região do rosto e pescoço.

A cirurgia trata principalmente a flacidez no contorno da mandíbula e do pescoço; a queda das bochechas (terço médio da face); o sulco nasogeniano em destaque (conhecido como “bigode chinês”) e o acúmulo de gordura na região do queixo.

O procedimento consiste em cortes por dentro do cabelo, uma orelha e outra e no alto da cabeça para a remoção dos excessos de músculos que causam as rugas na testa.

A cirurgia tem como resultado o reposicionamento das estruturas da face e a retirada do excesso de pele em casos de flacidez, proporcionando a aparência de rejuvenescimento da face.