Volta às aulas e cuidados com a saúde


Foto divulgação: Freepik (Royalty free)


A volta às aulas é um período de mudança na rotina das crianças, portanto é ideal que alguns cuidados simples sejam tomados para ajudar a diminuir o número de casos infecciosos, tanto aos outros alunos, quanto aos professores.


Cuidados básicos:


O Otorrinolaringologista pode orientar sobre a higienização nasal: Em alguns casos há orientação de uso da solução nasal isotônica (soro fisiológico), em que ajuda a prevenir as intercorrências e hidrata as mucosas nasais.


Fazer uma avaliação da audição: Muitas crianças demonstram desatenção, cansaço e irritabilidade em sala de aula, mas na verdade estão com qualidade receptiva do som em desacordo. O médico Otorrinolaringologista é o único capaz de diagnosticar este, que é um caso recorrente em consultórios. E caso a criança fale muito alto, assista à TV com o volume muito alto, tenha dificuldade de entender o que as pessoas falam e apresente dificuldade no desempenho escolar, é importante chegar se existe algum problema de audição e evitar com que isso prejudique o aprendizado escolar.


Hidratação permanente: não esquecer de enviar uma pequena garrafinha para a escola que pode ser preenchida com água e orientar aos pequenos que a ingestão de líquidos é muito importante para a saúde. A laringe, faringe, cordas vocais, precisam também ser anualmente avaliadas pelo otorrinolaringologista, que possui equipamentos de observação e é conhecedor de testes para corretos diagnósticos.


Higienização das mãos: lavar as mãos várias vezes ao dia. Principalmente antes da alimentação. Este é um hábito que deve ser lembrado, ensinado e enfatizado aos pequenos. Uma alternativa prática é o uso de soluções antissépticas. São medidas simples, mas que ajudam a diminuir a incidência de infecções.


É importante também:


Agendar uma consulta com o pediatra: é importante a visita periódica ao pediatra para pesar, medir, examinar e quando necessário, solicitar exames de rotina. Aproveite também para revisar a caderneta de vacinação e ver se não tem nenhuma vacina atrasada ou próxima. As vacinas são essenciais para proteger as crianças de diversas doenças.


Colocar o sono em dia: durante as férias o relógio biológico fica desregulado e voltar à rotina pode ser um pouco difícil. A dica é começar a ajustar a rotina pelo menos alguns dias antes das aulas iniciarem, colocando as crianças para dormirem cada dia mais cedo e respeitando os horários de acordar e das refeições. Crianças de 3 a 5 anos devem dormir pelo menos 10 a 13 horas e as de 6 a 13 anos pelo menos de 9 a 11 horas por dia. O médico otorrinolaringologista avalia a qualidade de respiração, se há ronco ou dificuldades para dormir, e diagnostica se há alguma disfunção, como exemplo desvio de septo, que muitas vezes causa apneia do sono.


Para os professores:


Segundo os dados apresentados pela Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico-Facial, os problemas vocais são uma das principais causas de afastamento de profissionais da área da educação e, por isso, é necessário tomar alguns cuidados especiais.


Em um estudo realizado pelo Centro de Estudos da Voz (CEV) com o Sindicato dos Professores de São Paulo (Sinpro-SP) e com a Universidade de Utah, nos Estados Unidos, 35% dos entrevistados relataram a presença de cinco ou mais problemas vocais, e 63% disseram já ter tido algum problema durante a vida.

Para auxiliar os professores a não ficarem sem voz, especialistas da Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico-Facial (ABORL-CCF) alertam sobre a importância dos cuidados com o aparelho vocal e sobre a prevenção do câncer de laringe, mal que atinge dez mil pessoas no Brasil todos os anos e deixa o país em segundo lugar no ranking mundial de incidência da doença, de acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS). Na OtorrinoDF há o Dr. Stenio Ponte, especialista em avaliação de pólipos em garganta, incluindo cordas vocais: mais renomado especialista em microcirurgias de laringe do DF.


Usar excessivamente a voz de forma incorreta pode desencadear problemas relacionados ao trauma constante, como pólipos, nódulos e granulomas, que são lesões de cobertura das pregas vocais e se não forem tratadas corretamente podem ocasionar danos irreversíveis.


Recomendações aos professores:


1. É importante não gritar ou pigarrear, pois isso agride as cordas vocais.

2. Apesar de parecer inofensivo, cochichar é tão prejudicial à saúde vocal quanto gritar.

3. O fumo e o consumo exagerado de bebidas alcoólicas são hábitos nocivos à saúde da voz, e são os principais causadores de câncer de laringe.

4. Não falar muito quando estiver com infecção de via aérea superior (resfriado, gripe ou sinusite).

5. Não comer muito antes de dar aula.

6. Falar somente quando necessário, evitando nos intervalos das aulas.

7. Beber bastante água para manter-se hidratado.

8. Dormir bem para descansar a voz.

9. Comer alimentos leves que não causem refluxo.

10. Quando apresentar sintomas como rouquidão por mais de 15 dias, dor ao engolir, dor no pescoço ao falar ou falta de ar, procure um médico otorrinolaringologista para orientá-lo sobre o diagnóstico correto e as medidas necessárias.


E se você busca um local especializado e com uma excelente infraestrutura, não deixe de conhecer a clínica de otorrinolaringologia Otorrino DF. Em apenas um local é possível realizar desde consultas e atendimentos, até terapias e exames específicos. A clínica também possui profissionais experientes na realização de procedimentos e cirurgias, como rinoplastias, plásticas de face, cirurgias de desvio de septo, sinusites e adenoamigdalites.


Além disso, a Otorrino DF atende a uma ampla variedade de convênios de saúde, possui um espaço exclusivo para as crianças e um estacionamento amplo. Entre em contato e agende a sua consulta!

Se nossas informações foram úteis para você, também podem ajudar outras pessoas. Compartilhe o texto em suas redes sociais! Assim, você ajuda a ampliar a qualidade de vida na sociedade.


A clínica OtorrinoDF também dispõe de equipe e estrutura, voltadas especificamente para crianças. Vale a pena conhecer!


Agende a avaliação daqueles que você ama!


Mais de 60 planos de saúde e convênio.

Consulta e exames no mesmo dia e local, com preferência absoluta aos idosos. Afinal, agora é nossa hora de retribuir tantos anos de dedicação.

(61) 3542-2803 / (61) 9.9604-2803

Auto-Agendamento e Chat no Site

53 visualizações

 ASA SUL 

Endereço:

709/909. Centro Médico Julio Adnet - SEPS SEP Sul, Sia Lt A - Clínica 2, Subsolo - CEP: 70390-095

Navegue Até Nós

#maps_padrão_1.png
waze_02.png
Uber_100x100.png

 ASA NORTE 

Endereço:

Ed. Cléo Octávio - Em frente HRAN. Setor Médico Hospitalar Norte - CEP: 70710-100

Navegue Até Nós

#maps_padrão_1.png
waze_02.png
Uber_100x100.png

 TAGUATINGA 

Endereço:

Ed. Pátio Capital QS 3. - Pistão Sul. / Térreo
CEP: 71953-000

Navegue Até Nós

#maps_padrão_1.png
waze_02.png
Uber_100x100.png

Sobre a Otorrino DF

Consultas médicas, exames e cirurgias para pacientes com necessidades relacionadas ao ouvido, nariz e garganta.
Será um prazer receber você aqui em nossa clínica! 

Nossos Médicos

Os profissionais da clínica Otorrino DF buscam atualizações constantes em suas especialidades visando oferecer atendimento personalizado e humanizado a seus pacientes.

  • Instagram - Otorrino DF
  • YouTube - Otorrino DF
  • LinkedIn - Otorrino DF
  • Facebook - Otorrino DF
  • Twitter OtorrinoDF
bg otorrino pediatra df emergencia criança otorrinolaringologia asa sul asa norte brasilia distrito federal lago sul lago norte urgente ouvido nariz garganta adulto
nariz otorrino pediatra df emergencia criança otorrinolaringologia asa sul asa norte brasilia distrito federal lago sul lago norte urgente ouvido nariz garganta adulto
Clínica Otorrino DF © Todos os direitos Reservados