Crianças durante o pós-operatório: O que fazer?

Atualizado: 23 de Jun de 2019


O pós-operatório é essencial para o sucesso cirúrgico. E para evitar que esse período seja doloroso e desagradável para as crianças, são necessárias ações e cuidados específicos dos profissionais médicos e da família.

A comunicação é a chave! Explicar sobre os curativos e exames que estão sendo feitos, tranquiliza e conscientiza a criança, além de ajudar a formar um vínculo com a equipe médica que cuidará dela após a cirurgia. Uma experiência positiva para a criança no hospital contribui para a recuperação!

Já em casa, a criança não precisa ficar restrita dentro de casa ou na cama. A disposição da criança neste período pode ser menor do que o normal, mas deve melhorar a cada dia.

São recomendadas atividades que exigem menos esforço físico como, leitura e brincar com jogos de tabuleiro. Após duas semanas ou mais, a criança provavelmente terá mais energia e estará mais ativa e participativa. Nesse momento, aos poucos, a criança deve aumentar as atividades até que volte ao seu normal.

É importante destacar que os familiares devem sempre estar atentos às queixas e possíveis dores da criança, e para protege-la de possíveis infecções como gripes, que acabam retardando e prejudicando o processo de recuperação, lugares com muitas pessoas e contato com pessoas doentes devem ser evitados.


33 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo