Dra. Catarina Novaes de Borborema

"

Eu sou muito feliz na minha profissão, exerço-a com amor e carinho

colorida_logo_medico_otorrino_pediatra_d

"

Motivada pelo ambiente multidisciplinar que proporciona uma constante troca de conhecimentos e ideias entre os colegas de profissão, Catarina Novaes Borborema atua como médica há 13 anos.

 

A otorrino foi motivada a fazer medicina pela mãe, a qual trabalha na área e sempre se sentiu muito satisfeita com a profissão. Em relação à  otorrinolaringologia, sua principal influência e inspiração foi o seu chefe de residência Dr. Helio Lessa, uma pessoa que exercia a medicina com amor e delicadeza.

 

Catarina reforça a abrangência da área de otorrinolaringologia dentro da medicina. Podendo-se trabalhar com pacientes de todas as idades, fazer desde o acompanhamento neonatal da audição até o tratamento da presbiacusia (perda auditiva causada pela idade) em idosos. Além de tratar doenças respiratórias altas, doenças diversas do labirinto e também alterações da faringolaringe. A médica também lembra àqueles que desejam seguir a profissão, a se dedicarem e a se empenharem nos estudos.

Qual você considera a maior conquista da sua carreira?

Ter concluído com êxito a Residência Médica em Otorrinolaringologia e ter sido escolhida, inclusive, a chefe dos residentes.

 

O que falaria para as pessoas que protelam ou sentem medo de fazer os procedimentos de sua área de atuação médica?

Eu falaria que as complicações são possíveis, mas raras e reforçaria que o paciente terá acompanhamento médico de perto durante todo o pós-operatório.

Você é cirurgiã? De quais especialidades? Fale de cada uma delas: causa, sintoma, possível cura

Sim. Eu realizo cirurgia de amigdalectomia com ou sem adenoidectomia. As amígdalas e as adenóides são órgãos que ficam na garganta auxiliando a imunidade. Sua função pode estar comprometida e trazer problemas à saúde em casos de aumento de tamanho ou infecções repetidas. As principais indicações cirúrgicas são: obstrução da via respiratória (respiração bucal, roncos ou engasgos), síndrome da apneia obstrutiva do sono, amigdalites de repetição, abscesso periamigdaliano e amigdalite crônica caseosa persistente. A remoção de amígdalas e adenóides não compromete a imunidade do

paciente.

Qual a sua formação?

Graduada em medicina pela Universidade Federal da Bahia (UFBA) e residência médica em Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico-Facial pela Universidade Federal da Bahia – Hospital Universitário Professor Edgar Santos (SUS/BA – MEC).

  • Graduação em Medicina pela Universidade Federal da Bahia (UFBA)​

  • Residência médica em Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico-Facial pela Universidade Federal da Bahia – Hospital Universitário Professor Edgar Santos (SUS/BA – MEC)

  • Membro associado da Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico-Facial (ABORL-CCF)

  • Membro benemérito da Fundação Otorrinolaringologia (FORL)

  • Twitter - círculo cinza
  • oie_transparent
  • Otorrino DF Entenda Mais
  • Otorrino DF Linkedin
  • www.facebook.com/clinicaotororrinodf
Screen Shot 2019-03-19 at 4.23.02 PM.png

Especialidade
Otorrinolaringologista

CRM 19276-DF